Última hora

Última hora

Comissão Europeia propõe proibição da venda de gomas em pequenas barcas

Em leitura:

Comissão Europeia propõe proibição da venda de gomas em pequenas barcas

Tamanho do texto Aa Aa

Não é caso para dizer que as gomas e outras guloseimas gelatinosas estejam em vias de extinção na Europa. No entanto, as regras relativas à sua produção tendem a ser cada vez mais estritas… no intuito de proteger, sobretudo os miúdos, mas também os graúdos.

A Comissão Europeia propôs, esta segunda-feira, a proibição de venda de guloseimas gelatinosas em formato de pequenas barcas. A venda destas guloseimas, que contêm aditivos alimentares derivados de algas ou de certas gomas, está suspensa desde Abril. As gomas, nome pelo qual são mais conhecidas, representam risco de sufoco para as crianças devido à sua consistência, tamanho e forma. Mas não são só os mais gulosos que correm riscos, já que Bruxelas propôs também a proibição de parabeno, aditivo que é utilizado na conservação de alimentos feitos com carne seca, na gelatina que cobre o “paté” e noutros produtos de carne e de confeitaria e em complementos dietéticos líquidos. A proposta vai ainda ser analisada pelo Conselho de Ministros da União Europeia.