Última hora

Última hora

KarstadtQuelle retoma negociações com sindicatos

Em leitura:

KarstadtQuelle retoma negociações com sindicatos

Tamanho do texto Aa Aa

A administração do grupo alemão KarstadtQuelle retoma, esta terça-feira, as negociações com os sindicatos sobre a anunciada reestruturação. O grupo planeia fechar ou vender 77 lojas, o que pode fazer com que mais de 7000 pessoas percam o emprego.

O chanceler Gerhard Schroeder está a acompanhar o processo de perto: “Vamos tentar reduzir ao mínimo as consequências sociais, mas é preciso que o Conselho de Administração assuma a principal responsabilidade.” Quatro mil supressões de emprego são, para já, certas. Os outros despedimentos estão a ser discutidos. Para assegurar a sobrevivência, a Karstadt prevê também suprimir algumas regalias. Os trabalhadores estão dispostos a aceitar, mas até um certo ponto. Um empregado diz que “não se importa que lhe cortem o subsídio de Natal, se a sobrevivência da empresa estiver em risco, isto porque é muito dedicado a ela”. Mas reforça que “não aceita qualquer corte no salário, isso não pode suportar”. O grupo KarstadtQuelle controla a cadeia de grandes armazéns Karstadt e também a Quelle, uma empresa de vendas por catálogo. Segundo os analistas, o modelo dos grandes armazéns está esgotado na Alemanha, devido à mudança nos hábitos de consumo e o grupo vai ter de mudar, para poder sobreviver.