Última hora

Última hora

Comissão Europeia leva "lei Volkswagen" a tribunal

Em leitura:

Comissão Europeia leva "lei Volkswagen" a tribunal

Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia deverá apresentar queixa, esta quarta-feira, no Tribunal de Jutiça da União, contra a Alemanha. Em causa está a chamada “lei Volkswagen” que protege o construtor automóvel de qualquer Oferta Pública de Aquisição (OPA) hostil.

Esta queixa constituirá uma das últimas medidas tomadas pelo comissário cessante dos Assuntos Internos, Frits Bolkestein, depois de cinco anos de luta contra “golden shares” e outras restrições ao investimento em perto de dez Estados-membros. Bolkestein, cujo mandato termina no dia um de Novembro, pediu à Alemanha que suprimisse esta lei devido às cláusulas que dão à região da Baixa-Saxónia, onde se encontra a sede da empresa, o controlo efectivo do construtor automóvel através da detenção de uma participação minoritária de 20 por cento. O chanceler Gerhard Schroeder, antigo chefe de governo da Baixa-Saxónia, opõe-se a este pedido. O grupo de Wolsfburgo anunciou que tinha a intenção de suprimir 30 mil postos de trabalho na Alemanha, o que se traduz por 17 por cento dos seus efectivos.