Última hora

Última hora

Governo de Iyad Allawi quer recolher armas e amnistiar rebeldes

Em leitura:

Governo de Iyad Allawi quer recolher armas e amnistiar rebeldes

Tamanho do texto Aa Aa

O governo iraquiano prepara uma aministia geral destinada a favorecer a entrega de armas, à semelhança do que foi feito em Sadr City, um exemplo que Iyad Allawi quer estender a Falluja, onde as milícias de Moqtada al-Sadr continuam a resistir apesar dos bombardeamentos levados a cabo pelas forças norte-americanas.

A amnistia poderá entrar em vigor dentro de uma semana a começar pela cidade xiita de Bassorá. Um plano que tem como objectivo a pacificação do país antesdas eleições. Este objectivo é atrapalhado diariamente pelos atentados terroristas. Em Bagdade, depois de uma noite sangrenta em que um ataque suicida matou sete pessoas e feriu mais de duas dezenas, o rebentamento de uma outra bomba provocou um morto e dois feridos. O engenho explodiu numa das principais vias da capital iraquiana.