Última hora

Última hora

BCE e Comissão dizem que novos Estados-membros não estão preparados para o Euro

Em leitura:

BCE e Comissão dizem que novos Estados-membros não estão preparados para o Euro

Tamanho do texto Aa Aa

Os novos Estados-membros da União Europeia vão ter de fazer grandes esforços, se quiserem adoptar a moeda única ainda durante esta década. É o que dizem os relatórios publicados esta quarta-feira sobre a preparação para o Euro, um do Banco Central Europeu (BCE) e outro da Comissão Europeia. O BCE argumenta que seis dos dez novos membros da União ainda não cumprem as regras orçamentais para poderem adoptar o Euro. Já Joaquín Almunia, comissário para os Assuntos Económicos, diz que “segundo o relatório da Comissão, nenhum desses Estados está preparado para o Euro”.

O país que mais dificuldades parece ter para chegar ao Euro é a Polónia, onde o défice previsto para este ano é superior a 5,5 por cento do PIB, isto apesar de um crescimento económico favorável. A Polónia representa quase metade da população dos novos países da União europeia. A par com a Polónia, a Comissão e o BCE estão também a fazer pressão sobre a Hungria e a República Checa. Estes três países são os maiores, em termos de população, dos dez novos Estados-membros. Os dois relatórios publicados esta quarta-feira são a primeira avaliação das pserspectivas de adesão ao euro destes dez países, desde o alargamento de 1 de Maio.