Última hora

Última hora

Preços do aço e concorrência penalizam resultados da Electrolux

Em leitura:

Preços do aço e concorrência penalizam resultados da Electrolux

Tamanho do texto Aa Aa

O número um mundial dos electrodomésticos, a sueca Electrolux, avisou que os lucros deste ano ficariam abaixo do esperado. O fabricante, que além da marca Electrolux controla outras marcas, como a AEG, a Zanussi e a Frigidaire, lançou este alerta sobre os lucros ao mesmo temop que apresentou resultados do último trimestre em queda, tal como previam os analistas.

A Electrolux está a enfrentar uma concorrência feroz de outras empresas do ramo, como a norte-americana Whirlpool ou os fabricantes asiáticos. Os lucros do terceiro trimestre foram de 134 milhões de euros, a caír 28 por cento em relação aos números do mesmo trimestre do ano passado. As acções da Electrolux caíram já 18 por cento, este ano. Outro factor que está causar a descida nos lucros da empresa é o aumento do custo das matérias-primas, nomeadamente do aço. O preço deste material duplicou desde o início do ano, o que está a afectar todos os sectores da indústria e os electrodomésticos, em particular, já que o aço é essencial ao fabrico da maior parte deste tipo de equipamentos.