Última hora

Última hora

Bush e Kerry enfrentam-se no Iowa com terrorismo como tema principal

Em leitura:

Bush e Kerry enfrentam-se no Iowa com terrorismo como tema principal

Tamanho do texto Aa Aa

A “guerra” pela Casa Branca é, cada vez mais, indissociável da guerra contra o terrorismo.

O presidente norte-americano e o rival democrata concidiram esta quarta-feira em acções de campanha no estado do Iowa. Mas as coincidências não terminaram por aí: George W. Bush e John Kerry acusaram-se mutuamente de colocarem em perigo a segurança dos Estados Unidos e apresentaram-se ambos como a garantia de uma vitória na luta contra o terrorismo. Uma luta que Kerry será incapaz de ganhar, segundo Bush: “O próximo líder deve conduzir-nos à vitória nesta guerra, e não se pode ganhar uma guerra se não se percebe que a estamos a travar.” Por seu lado, o candidato democrata acusa o presidente cessante de “misturar” duas guerras. Num estado que pendeu, há quatro anos, para o seu partido, Kerry não poupou nas palavras: “George W. Bush diz que o Iraque é a peça-chave da guerra contra o terrorismo. Na realidade, o Iraque foi uma enorme manobra de diversão dessa guerra e da luta contra o inimigo.” Na próxima segunda-feira, Kerry vai juntar um “peso-pesado” à sua campanha. O ex-presidente Bill Clinton, que se encontra a recuperar de uma operação cirúrgica ao coração, participará nas acções previstas no estado da Filadélfia.