Última hora

Última hora

Sede histórica da Comissão Europeia de novo em funções

Em leitura:

Sede histórica da Comissão Europeia de novo em funções

Tamanho do texto Aa Aa

Dia de festa, esta quinta-feira, em Bruxelas, com a reinauguração da sede histórica da Comissão Europeia, agora renovada, após mais de dez anos de obras. Presentes na cerimónia do Berlaymont, Romano Prodi, Guy Verhofstadt e Neil Kinnock. O presidente da Comissão, o primeiro-ministro belga e o comissário responsável pela Administração dirigiram-se depois para a renovada sala de imprensa, onde assinaram o livro de honra.

Construído nos anos 60, o Berlaymont foi, desde 1967, o símbolo da Comissão Europeia, que aí teve a sua sede até 1991. Depois, o também chamado “Caprice des Dieux” – literalmente, “Capricho dos Deuses” fechou para obras. As 1.500toneladas de amianto que havia no edifício foram retiradas e a imponente construção foi totalmente renovada. A obra estava estimada em 630 milhões de euros mas com os custos colaterais ascendeu a mais de mil e 400 milhões. Ao todo, são 13 andares, 47 elevadores e 240 mil metros quadrados, prontos a receber mais de dois mil funcionários, 200 tradutores, 50 cozinheiros, 25 seguranças e 400 jornalistas. A partir de Novembro, aí estará sediada a Comissão Barroso. Quanto a Durão, entrará no seu elevador à prova de bala e subirá directo ao seu gabinete, situado no último andar – a “penthouse”, como já lhe chamam nos bastidores.