Última hora

Última hora

Greve de transportes em Itália e na Bélgica

Em leitura:

Greve de transportes em Itália e na Bélgica

Tamanho do texto Aa Aa

Uma sexta-feira marcada por duas greves de transportes, em Bruxelas e em Itália. Na capital belga, o metro e os eléctricos estão em greve desde as 16 horas de ontem e ao longo do dia de hoje.

Os sindicatos exigem melhores condições de trabalho denunciando a pressão exercida pela direcção da empresa de transportes públicos, para que os condutores cumpram horários considerados irreais em hora de ponta. Em Itália, a greve dos transportes convocada pelos principais sindicatos do sector conta com uma adesão de quase 85% em algumas regiões. Os sindicatos exigem aumentos salariais aquando da renovação dos acordos de 2004-2007. Em Roma, a maioria dos transportes públicos está parado. As longas filas de trânsito levaram as autoridades municipais a abrirem o centro da cidade à circulação. Uma situação que um polícia sinaleiro comenta com ironia, afirmando que graças à greve os condutores de Roma conhecidos pela sua azáfama têm autorização para entrar no centro histórico. A greve deverá prolongar-se até ao final do dia, com alguns serviços como as linhas de metro totalmente paralisados em algumas ramas.