Última hora

Última hora

Refém britanica

Em leitura:

Refém britanica

Tamanho do texto Aa Aa

Margaret Hassan implora auxílio numa gravação de vídeo divulgada em primeira-mão pela Al Jazira.

Hassan foi raptada há três dias, no Iraque, por um grupo que o governo britânico diz ser desconhecido. Neste vídeo divulgado pela Al-Jazira, os terroristas não são identificados e Margaret Hassan pede ajuda ao primeiro-ministro Tony Blair, para que não lhe aconteça o mesmo que a Keneth Bigley, o último refém britânico que acabou executado pelos raptores. O assassínio de Bigley aconteceu no início deste mês.Mais uma vez, a chantagem recai sobre as tropas britânicas. Os terroristas querem que os soldados saiam do Iraque . O rapto de Margaret Hassan aconteceu 24 horas depois de o governo britânico ter anunciado o reposicionamento das tropas, de modo a dar cobertura aos soldados norte-americanos nas zonas consideradas mais quentes. Até agora já foram raptadas várias dezenas de pessoas no país, pelo menos 32 foram mortas pelos raptores. Margaret Hassan trabalha para uma organização humanitária e tem residência fixa há 30 anos no território. Nasceu na Irlanda e tem nacionalidade britânica e iraquiana.