Última hora

Última hora

Tribunal decide sobre vida de bebé britânico em fase terminal

Em leitura:

Tribunal decide sobre vida de bebé britânico em fase terminal

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça britânica decidiu sobre a sorte do pequeno Luke Winston-Jones, um bebé doente terminal que sofre de Trissomia 18. A mãe, Ruth, aceitou que a morte do seu bebé é uma questão de meses. Os médicos estão agora autorizados a não fazer reanimação com ventilação artificial, caso o estado de saúde da criança se agrave, no entanto, poderá receber uma massagem cardíaca se for necessário aliviar a dor.

“A decisão do tribunal foi um sucesso na batalha que Ruth trava para o bem-estar do seu filho”, disse o representante jurídico da família. “Ruth ganhou o direito de o bebé receber uma massagem cardíaca em caso de agravamento do estado de saúde.” O bebé Luke sofre de crescimento lento, atraso mental, malformações cardíacas e mau funcionamento renal, entre outras. A juiza do Tribunal de Família, considerou, para o veredicto, o caso recente de Charlotte Wyatt que sofre de problemas cardíacos e pulmonares não podendo alimentar-se nem respirar normalmente. Os médicos do hospital de Portsmouth estão autorizados a não reanimar artificialmente esta bebé caso deixe de respirar, como já aconteceu em três ocasiões.