Última hora

Última hora

Iraquianos pedem libertação de Margaret Hassan

Em leitura:

Iraquianos pedem libertação de Margaret Hassan

Tamanho do texto Aa Aa

Raptada há quase uma semana, Margaret Hassan não é esquecida, em especial, por aqueles que ajudou no Iraque. Dezenas de pessoas juntaram-se hoje, em Bagdad,junto aos escritórios da “CARE International”, a organização humanitária que Hassan representava no país e que suspendeu as actividades após o seu rapto.

Margaret Hassan, de 59 anos e com nacionalidade britânica, irlandesa e iraquiana, foi raptada na última terça-feira, em Bagdade. O grupo de sequestradores ainda não se identificou, mas num vídeo divulgado na sexta-feira, Hassan pedia a Blair que retirasse as tropas do Iraque e não mobilizasse soldados para a capital iraquiana.