Última hora

Última hora

Eurotunnel pode despedir 500 empregados

Em leitura:

Eurotunnel pode despedir 500 empregados

Tamanho do texto Aa Aa

A Eurotunnel, empresa que explora o túnel do Canal da Mancha, anunciou um plano de salvamento que pode implicar até 500 despedimentos, segundo os sindicatos.

O projecto foi baptizado “Dare” que, em inglês, significa “ousar”. Para os trabalhadores, a ousadia é grande de mais, como explica Michel Yard, que representa o sindicato francês afecto à central CGC. “Vamos sofrer muito, porque houve quem não tenha feito o trabalho como deve ser, durante vários anos. Por isso, vamos enfrentar um despedimento colectivo no próximo ano. Não vale a pena esconder”, diz o sindicalista. A empresa está a enfrentar graves dificuldades financeiras, com uma dívida que chega aos nove mil milhões de euros. Esta crise reflectiu-se no desempenho das acções da Eurotunnel na bolsa de Paris. Desde Abril, os papéis da empresa caíram cerca de metade. Com este plano de salvamento, a Eurotunnel prevê aumentar a margem de exploração em cem milhões de euros, até 2007. A empresa emprega cerca de 3000 pessoas, das quais 2000 estão em França.