Última hora

Última hora

Operação militar sobre Fallujah pode estar iminente

Em leitura:

Operação militar sobre Fallujah pode estar iminente

Tamanho do texto Aa Aa

O aumento da actividade da guerrilha iraquiana nos últimos dias poderá levar o exército norte-americano a lançar uma ofensiva sobre a cidade rebelde de Fallujah. Desde há semanas que os helicópteros bombardeiam vários sectores da localidade onde estará refugiado o terrorista jordano Abu Moussab Al-Zarqawi que Washington acusa de ser o líder regional da Al-Qaida.

O primeiro-ministro Iyad Allawi afirmou ontem que a paciência está a esgotar-se: “os terroristas não podem utilizar Fallujah como base para as suas actividades, começamos a atingir o fim da linha no que se refere à possibilidade de resolver a situação sem recorrer a uma confrontação militar”. A zona sunita do Iraque continua a ser o principal foco de instabilidade no país, depois de um fim-de-semana manchado por mais de 63 mortes, oito das quais de soldados norte-americanos. Ontem, pelo menos 15 pessoas morreram e oito ficaram feridas em Tikrit, na sequência de um ataque com “rockets” dirigido contra um hotel ocupado por trabalhadores estrangeiros. Segundo o exército norte-americano, parte dos combatentes escapados ao cerco militar de Fallujah, estarão agora a reunir-se em Ramadi, onde sete pessoas morreram e 11 ficaram feridas na sequência de confrontos entre militares e aguerrilha.