Última hora

Última hora

Ralph Nader de novo na corrida à Casa Branca

Em leitura:

Ralph Nader de novo na corrida à Casa Branca

Tamanho do texto Aa Aa

Pela quarta vez, Ralph Nader prepara-se para voltar a ser o grão de areia nesta engrenagem da bipolarização que caracteriza o cenário político dos Estados Unidos. Por vezes, esquecemo-nos que ele existe, mas desde há doze anos que este defensor dos consumidores e do ambiente marca presença numa eleição presidencial, com ataques à esquerda e à direita.

“Os democratas são cúmplices nisto. Poderiam ter evitado a resolução sobre a guerra no Senado e não o fizeram. E agora têm na Casa Branca um falcão, um habilidoso, um messiânico e militarista, que nem sequer presta contas, pelo menos até 2 de Novembro”, afirmou na campanha. Contrariamente às últimas eleições, este ano Ralph apresenta-se como independente, não tendo conseguido o apoio dos verdes e dos reformistas. Sem o apoio de um partido e não tendo sequer o direito de se apresentar em todos os estados, a sua candidatura é um pouco anedótica e a sua campanha eleitoral bastante modesta. Mas, apesar de tudo, ainda que frágil, esta candidatura não agrada aos democratas. Há quatro anos, Nader arrecadou três milhões de votos e, lá onde Gore perdeu as eleições por pouco mais de 500 votos, o candidato verde conseguiu cerca de cem mil. Nader zangou-se com muitos dos seus amigos e apoiantes que o acusaram em 2000 de ter ajudado Bush a chegar à presidência. É na Flórida que tudo se complica. E se noutros estados não estará presente, aqui foi dada luz verde à sua candidatura. Os democratas tudo fizeram para o dissuadir de se apresentar nesta corrida à Casa Branca, a que apenas dois homens podem aspirar. Mas nada o faz parar. Desesperados, os anti-Bush criaram um site na internet: dontvoteralph.net, onde explicam que “escolher Nader é votar Bush” e onde imploram “Ralph não te candidates”.