Última hora

Última hora

Iukos pode abrir falência

Em leitura:

Iukos pode abrir falência

Tamanho do texto Aa Aa

O fantasma da falência está, mais do que nunca, a pairar sobre o grupo petrolífero russo Iukos. O grupo, atolado em dívidas ao fisco, convocou uma assembleia extraordinária de accionistas para o dia 20 de Dezembro, onde vai ser decidido se a Iukos abre, ou não, falência.

O actual presidente do Conselho de Administração, Steven Theede, diz querer evitar este cenário. “Se nos derem a oportunidade de resolver os problemas de uma forma que não envolva a liquidação, então vamos poder contribuir para a estabilidade da produção de petróleo na Rússia”, disse em conferência de imprensa. Theede, de origem norte-americana, foi nomeado para o lugar depois da prisão do antigo presidente Mikhail Khodorkovski, por evasão fiscal. Às dívidas de 2000 e 2001 jutam-se agora mais de cinco mil milhões de euros, referentes a 2002. Para liquidar parte dessa dívida, o Estado russo vai vender, este mês, a Iugansk, principal divisão do grupo.