Última hora

Última hora

Yasser Arafat continua entre a vida e a morte

Em leitura:

Yasser Arafat continua entre a vida e a morte

Tamanho do texto Aa Aa

A espera continua às porta do hospital Percy de Clamart, nos arredores de Paris. São por Yasser Arafat as velas depositadas por dezenas de palestinianosà entrada do edifício, talvez pela esperança de saberem, enfim, se o estado de sáude do líder da Autoridade Palestiniana é reversível ou irreverssível, uma vez que a confusão nos últimos dias, tem sido imensa.

Depois da informação e contra informação, sobre o estado clínico de Arafat, as autoridades palestinianas não proibiram a equipa médica de emitir qualquer tipo de comunicado sobre o assunto. Horas antes médicos franceses divulgaram que Arafat se encontrava “num estado de morte cerebral, sendo pouco provável que o velho Raïs resistisse ao coma”,mas depois a representante palestiniana em França desmentia, afirmando que Arafat “ainda poderia recuperar o estado e coma.” Na Cisjordânia, os palestinianos acompanham como podem a informação que vai chegando da Europa, não se sabe se à espera de um milagre, ou não fosse Arafat um sobrevivente nato, que ao longo de 40 anos de luta por um estado palestiniano escapou à morte mais do que uma vez. Os territórios palestinianos encontram-se, assim, mergulhados num impasse político devido à ausência de um sucessor para substituir o líder depois da sua morte. O primeiro-ministro Ahmad Qorei reuniu em Gaza os 13 movimentos palestinianos. O Hamas e a Jihade islâmica declararam intenção de uma trégua temporária até que a situação política dos territórios seja clara. Hoje Ahmad Qorei vai encontra-se apenas com os líderes de cada movimento, uma tentativa de preparara o futuro a fim de evitar o vazio político ou o caos de uma luta violenta pelo poder.