Última hora

Última hora

Ucrânia: oposição manifesta em Kiev contra "manipulações do governo

Em leitura:

Ucrânia: oposição manifesta em Kiev contra "manipulações do governo

Tamanho do texto Aa Aa

A praça central de Kiev, na Ucrânia, encheu-se de gente para denunciar as falsificações do governo no decurso das eleições presidenciais do passado dia 30 de Outubro.

Mais de 50 mil apoiantes do candidato da oposição, Viktor Youchtchenko, concentraram-se para protestar, apesar das autoridades não terem autorizado esta manifestação. Perto de três milhões de ucrânianos não puderam exercer o seu direito de voto na sequência de erros nas listas eleitorais, ao mesmo tempo que mais de 300 mil pessoas votaram várias vezes com a cumplicidade das autoridades. São acusações lançadas por Youchtchencko que exorta o governo a cumprir as regras para a segunda volta das presidenciais marcada para o próximo dia 21. O actual primeiro-ministro, Viktor Ianouckovicht, que conta com o apoio do presidente Koutchma e da Rússia, teve na primeira volta 38,51% de votos mas os observadores internacionais denunciaram um conjunto de irregularidades e declararam as eleições não democráticas.