Última hora

Última hora

Explosão destrói escola islâmica em Eindhoven

Em leitura:

Explosão destrói escola islâmica em Eindhoven

Tamanho do texto Aa Aa

Uma forte explosão abalou esta madrugada uma escola islâmica na cidade holandesa de Eindhoven. O ataque não causou vítimas, mas danificou seriamente a entrada do edifício.

Este atentado é o último desenvolvimento na escalada de violência anti-islâmica verificada na Holanda. Ao longo do fim de semana, quatro mesquitas foram atacadas em Roterdão, Breda e Huizen. Em Amsterdão, um centro de acolhimento para imigrantes foi vandalizado. A intensificação do sentimento anti-islâmico é considerada uma represália ao homicídio de Theo Van Gogh. O cineasta, conhecido pelas suas posições críticas em relação à sociedade muçulmana, foi morto na passada terça-feira, em Amsterdão, por um holandês de origem marroquina, pertencente a uma organização extremista islâmica. O clima de tensão originado pelo crime levou o governo holandês a apelar à calma. Um apelo ouvido por diversas associações muçulmanas, que, no sábado, se manifestaram em Haia. Em repúdio à morte de Theo Van Gogh, a comunidade islâmica marchou pela paz e pelo diálogo.