Última hora

Em leitura:

Forças americanas combatem em Falluja


mundo

Forças americanas combatem em Falluja

O Iraque está em estado de emergência e a cidade de Falluja está a ser vasculhada pelas forças norte-americanas. Esta noite, os soldados do 36º batalhão entraram à força no principal hospital da cidade, tendo detido um grande número de pessoas, mas sem abrir fogo.

Falluja está cercada, os homens entre os 15 e os 50 anos não podem entrar nem sair. As tropas deram início à operação militar sobre a cidade onde se crê estejam escondidos entre mil e seis mil rebeldes, sunitas apoiantes de Saddam Hussein e pertencentes ao grupo do jordano da al-Qaida, Abu Musab al-Zarqawi. Segundo algumas testemunhas, têm havido fortes combates nas duas margens do rio Eufrates. Cerca de 15 mil soldados americanos estão concentrados na região de Falluja. O objectivo é repor a ordem e garantir a segurança no país até ao próximo dia 27 de Janeiro, data prevista para a realização das primeiras eleições no Iraque, mas os ataques da guerrilha têm-se multiplicado por todo o país. Já esta noite, os F-16 norte-americanos bombardearam alguns alvos e nos combates terão sido mortos 10 civis e três marines, em Falluja.Falluja tem cerca de 300 mil habitantes, mas, nesta altura, pensa-se que apenas entre 10 e 20% da população se encontre ainda na cidade.
Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Costa-do-Marfim: Tensão mantém-se apesar da acalmia