Última hora

Última hora

Israel reforça segurança para preparar eventual morte de Arafat

Em leitura:

Israel reforça segurança para preparar eventual morte de Arafat

Tamanho do texto Aa Aa

Assim que o estado de saúde de Yasser Arafat se agravou irremediavelmente, a Autoridade Palestiniana começou a preparar o funeral do líder.Por isso, quando foi decidido inumar Arafat na Muqata, as autoridades israelitas reforçaram o dispositivo de segurança nas fronteiras com os territórios ocupados.Apesar do funeral de Estado ter lugar no Cairo, o corpo do presidente palestiniano será depois trasladado para Ramalá para ser enterrado no seu quartel-general na Cisjordânia.

Uma decisão que é do agrado de Israel, como explica o ministro israelita do Interior Avraham Poraz: “Os palestinianos decidiram que as exéquias fossem em Ramallah, e é uma decisão deles. Só temos de garantir que não haja violência. Mas, na verdade, a responsabilidade pela segurança na área de Ramallah é da Autoridade Palestiniana.” Apesar do distanciamento da questão, o estado de alerta é bem visível em Jerusalém. Uma medida que tenta prevenir eventuais desordens, uma vez que o governo israelita prevê impedir a passagem aos palestinianos de Gaza e cercar diversas cidades da Cisjordânia durante a cerimónia fúnebre.Apenas os deputados da Faixa de Gaza estão autorizados a deslocar-se ao funeral.