Última hora

Última hora

BCE não vai intervir para conter subida do Euro face ao dólar

Em leitura:

BCE não vai intervir para conter subida do Euro face ao dólar

Tamanho do texto Aa Aa

A descida do dólar face à moeda europeia inquieta os ministros das finanças da zona Euro. Reunidos em Bruxelas, os 12 responsáveis que em conjunto com a Comissão Europeia e o Banco Central Europeu constituem o chamado Eurogrupo, apelaram ontem aos Estados Unidos para que intervenham de forma a refrear uma situação que encarece as exportações europeias.

A declaração de Gerrit Zalm, o ministro holandês das Finanças que actualmente preside o Eurogrupo, deverá dar o tom da reunião que esta semana reunirá em Berlim o grupo dos países mais industrializados do mundo: “Os ministros estão de acordo que uma volatibilidade excessiva tanto como movimentos desordenados das taxas de câmbio são indesejáveis para a retoma económica”. Só no último mês o euro apreciou-se quatro por cento face à nota verde e a valorização está longe de estar concluída. A tensão cambial está a penalizar a Zona Euro cujo ritmo de crescimento da economia foi apenas de 0,3% no último trimestre deste ano. Para já, o Banco Central Europeu não pretende intervir. Washington também não parece querer adoptar medidas para travar a queda do dólar. A situação actual favorece uma economia debilitada pelo défice astronómico assim como pelos efeitos da subida dos preços do petróleo.