Última hora

Última hora

EADS pode passar a única accionista da Airbus

Em leitura:

EADS pode passar a única accionista da Airbus

Tamanho do texto Aa Aa

O grupo britânico BAE Systems, accionista minoritário da Airbus, não quer para já comentar as intenções da EADS. O gigante europeu da defesa e da aeronáutica quer tornar-se no único accionista da construtora e pretende, para isso, comprar os 20 por cento da BAE. Quer também adquirir a fatia dos britânicos no projecto do avião de caça europeu, o Eurofighter.

Este anúncio surge um dia depois da EADS se ter mostrado interessada numa fusão com a francesa Thales. Um negócio que, a concretizar-se, torna os franceses nos maiores accionistas do consórcio. O Estado francês tem uma participação importante quer na Thales quer na Sogeade, empresa detida com o grupo Lagardère e que participa, actualmente, em 30 por cento do capital da EADS. Trinta por cento é também a fatia da alemã Daimler-Chrysler. Os outros dois quintos pertencem ao Estado espanhol, através da CASA, aos empregados da EADS e a outros accionistas. Todos estes projectos de fusões e aquisições podem fazer da França a maior potência europeia em termos de defesa. A eventual fusão da EADS com a Thales vai dar origem ao maior grupo mundial de equipamento de defesa, destronando a norte-americana Boeing. Esta hegemonia francesa está a ser vista com algum criticismo por britânicos e alemães.