Última hora

Última hora

Começou desmantelamento da Yukos

Em leitura:

Começou desmantelamento da Yukos

Tamanho do texto Aa Aa

O governo russo marcou já uma data para a venda, em hasta pública, da principal divisão do grupo petrolífero Iukos, a Iuganskneftegaz, ou simplesmente Iugansk. A venda vai fazer-se daqui a um mês – no dia 19 de Dezembro.

A base de licitação fixada pelo governo para os três quartos da Iugansk que vão ser postos à venda é de 8,6 mil milhões de dólares, cerca de 6,6 mil milhões de euros. A Iugansk é responsável pela produção de um milhão de barris por dia, o que representa quase dois terços da produção total da Iukos. Este leilão serve para cobrir parte da gigantesca dívida do grupo, que ultrapassa os 14 mil milhões de euros. Os interessados em participar vão ter que fazer um depósito de cerca de 1,3 mil milhões de euros, visto como uma medida para impedir os actuais proprietários da Iukos de concorrerem. As acções da petrolífera estão a sofrer com todo este processo. Os papéis foram suspensos da negociação, na bolsa de Moscovo, esta sexta-feira, depois de, só num dia, terem perdido 27% e mais de 46% desde o início do mês. O principal accionista da Iukos é ainda o magnata Mikhail Kodorkovski, preso desde Outubro do ano passado, por alegada evasão fiscal.