Última hora

Última hora

Interdição da caça abriu época do conflito na Grã-Bretanha

Em leitura:

Interdição da caça abriu época do conflito na Grã-Bretanha

Tamanho do texto Aa Aa

No primeiro fim de semana após a decisão de proibir a caça com cães na Grã-Bretanha, as cenas de violência começaram a registar-se. Num vídeo amador, captado na região rural do Devon, o resultado do boicote de activistas a uma caçada é uma sequência de pancadaria. As autoridades receiam que esta seja apenas uma amostra do que se vai seguir à entrada da lei em vigor, em Fevereiro.

Foi criada uma plataforma, chamada “Countryside Alliance”, que pretende questionar na justiça a decisão dos deputados da Câmara dos Comuns que impuseram à Câmara dos Lordes a aprovação do diploma, depois de anos e anos de impasse. Os militantes pela caça, que já protagonizaram várias manifestações, ameaçam organizar uma campanha contínua de desobediência civil. Uma vez que os britânicos deverão ir a eleições gerais em Maio de 2005, as implicações são gigantescas. Tony Blair constata que ambas as partes defendem sem concessões os seus motivos. De um lado, os que fazem a apologia de uma tradição secular, enraízada no meio rural britânico e que emprega milhares de pessoas. Do outro, os que classificam as batidas de bárbarie e crueldade, incomportáveis nos dias de hoje.