Última hora

Última hora

Agravamento da crise no Sudão leva Europa a dar mais 51 milhões de euros

Em leitura:

Agravamento da crise no Sudão leva Europa a dar mais 51 milhões de euros

Tamanho do texto Aa Aa

A Europa vai atribuir mais 51 milhões de euros de ajuda ao Sudão. O novo comissário para a Ajuda Humanitária, Louis Michel, visitou, este fim-de-semana, a região do Darfur, uma das mais atingidas pela crise alimentar, e que deverá receber 31 milhões do novo cheque comunitário.

Esta verba, que se soma aos 248 milhões já atribuídos, deverá ser aplicada em comida, roupa, água potável, tendas e medicamentos. A guerra civil causou 70 mil mortos e mais de um milhão e 600 mil deslocados. O comissário belga apelou aos rebeldes e às forças de Cartum para que respeitem o cessar-fogo, decretado em Abril. “Estou aqui para reunir o povo. Estou aqui para defender a paz. Não estou aqui para separar ninguém. Não estou aqui para deitar achas na fogueira”, afirmou Louis Michel. A Comissão alertou para o agravamento da crise humanitária no Darfur, nas últimas semanas. Esta segunda-feira, as autoridades de Cartum expulsaram dois responsáveis de duas ONG que tinham denunciado isso mesmo.