Última hora

Última hora

Espanha: Aznar depõe na Comissão sobre os atentados de 11 de Março

Em leitura:

Espanha: Aznar depõe na Comissão sobre os atentados de 11 de Março

Tamanho do texto Aa Aa

O antigo primeiro-ministro espanhol, José Maria Aznar, comparece hoje diante da comissão parlamentar dos atentados de 11 de Março. Esta é a primeira vez que um ex-chefe de governo é chamado a testemunhar diante de uma comissão de inquérito.

Aznar é acusado pelos socialistas de ter ocultado a verdade e apontado para a pista da ETA, mais vantajosa para o Partido Popular a três dias das eleições legislativas. No entanto, já em Setembro, numa entrevista exclusiva à EuroNews, Aznar se dispunha a colaborar com a comissão de inquérito por, afirmava, nada ter a esconder: “Na altura, o governo disse exactamente a verdade e a verdade eram os comentários da polícia. A informação de que dispunha o governo era a informação que era fornecida pelas forças de segurança e que era transmitida à opinião pública. Foi assim do princípio ao fim e, desse ponto de vista, a consciência do governo, a que eu presidia, estava absolutamente tranquila.” O Parlamento pretende descobrir se existia uma ameaça terrorista islamita, menosprezada pelo governo Aznar, e que culminou nos atentados de 11 de Março,que fizeram quase 200 mortos e mais de 1900 feridos. O actual primeiro-ministro Rodriguez Zapatero testemunha também diante da comissão parlamentar no dia 13 de Dezembro.