Última hora

Última hora

Trichet apela aos EUA para evitarem queda do dólar

Em leitura:

Trichet apela aos EUA para evitarem queda do dólar

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente do Conselho de Governadores do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, pediu aos Estados Unidos para reverem a política monetária, para impedir novas quedas do dólar. O pedido surgiu no dia em que o euro voltou a atingir, por curtos instantes, um novo recorde histórico face à moeda norte-americana.

Trichet falou no Parlamento Europeu, em Bruxelas, numa audição perante a comissão dos Assuntos Monetários: “Os recentes movimentos nos mercados cambiais não são bem vindos. Eu tenho confiança nos nossos amigos norte-americanos, na sua lucidez e diagnóstico e confio na vontade, da parte deles, de corrigir os pontos fracos, tal como a Europa faz, seriamente”. A queda do dólar, vista como necessária para a redução do défice norte-americano, e consequente subida do euro, tem-se acentuado nas últimas semanas e é vista como um factor negativo, uma vez que prejudica as exportações da Zona Euro. Trichet congratulou-se pelas declarações do secretário norte-americano do Tesouro, John Snow, que diz que a redução do défice é para ser feita de forma espaçada e apoia a política do dólar forte. Mas a verdade é que os decisores na Europa pedem mais acções e menos palavras.