Última hora

Última hora

Bósnia-Herzegovina dá hoje as boas-vindas às forças da União Europeia

Em leitura:

Bósnia-Herzegovina dá hoje as boas-vindas às forças da União Europeia

Tamanho do texto Aa Aa

A EUFOR assume hoje a missão de estabilização da Bósnia-Herzegovina. Sete mil homens enfrentam a terceira missão das forças da União Europeia – e a mais importante até à data. A EUFOR substitui, no terreno, as forças da SFOR, a sua homóloga da NATO.

Desde o final da guerra entre as comunidades muçulmana, sérvia e croata, em 1995, que a Aliança Atlântica mantinha uma força de estabilização no território. No início, eram 60 mil homens, agora são apenas sete mil. A União Europeia espera, no futuro, reduzir o número de efectivos e tem como objectivo abandonar o país dentro de três anos, deixando-o com uma situação perfeitamente normalizada. Até lá, União Europeia e NATO vão continuar a perseguir Radovan Karadzic e Ratko Mladic, ambos acusados de genocídio pelo Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia. A EUFOR fica instalada no base da NATO de Butmir, em Sarajevo, e 80% dos seus efectivos são os mesmos que agora fazem parte da SFOR.