Última hora

Última hora

Ucrânia: Acordo intermédio aguarda decisão do Supremo Tribunal

Em leitura:

Ucrânia: Acordo intermédio aguarda decisão do Supremo Tribunal

Tamanho do texto Aa Aa

Na Ucrânia a oposição e o governo alcançaram um acordo intermédio na segunda ronda de negociações sob mediação internacional. O presidente cessante Leonid Kuchma, ladeado por Viktor Iuschenko e Viktor Ianukovitch, leu o documento rubricado por todos os presentes.

Nesta reunião foi decido criar uma comissão mista que vai analisar a crise e elaborar propostas tendo em conta a decisão do Supremo Tribunal sobre a validade do escrutínio. Uma terceira ronda de negociações com os mediadores internacionais vai decorrer assim que o colectivo de juízes se pronunciar sobre a questão. Os participantes estão de acordo em pôr um fim ao bloqueio de edifícios administrativos e em terminar com as ameaças à integridade do país. Neste documento é reiterada a recusa em recorrer à força para impor uma saída para a crise. A oposição e o poder executivo comprometeram-se a modificar a lei eleitoral e implementar uma reforma do sistema político. A preocupação com a situação económica foi igualmente manifestada. Os apoiantes de Iushenko que contestam o resultado das eleições deverão no entanto permanecer mobilizados embora longe dos edifícios governamentais.