Última hora

Última hora

Eufor assume chefia missão "Althea" na Bósnia

Em leitura:

Eufor assume chefia missão "Althea" na Bósnia

Tamanho do texto Aa Aa

A missão de manutenção de paz na Bósnia-Herzegovina já está em mãos europeias.

Trata-se até agora da mais importante operação militar liderada pela União Europeia. A EUFOR, uma força composta por 7 mil homens , assume a chefia das operações substituindo pela primeira vez a homóloga da NATO, a SFOR. A EUFOR vai assegurar as operações que se pretendem agora mais viradas para a captura de alegados criminosos de guerra. É o caso de Radovan Karadzic e Ratko Mladic, ambos acusados de genocídio na ex-Jugoslávia pelo Tribunal Penal Internacional. A União Europeia espera abandonar o país dentro de três anos, caso a situação no terreno esteja completamente normalizada. A EUFOR estará a partir de agora sob comando britânico. David Leakey assume a chefia da operação que foi baptizada como “Althea”, que em português quer dizer “aquela que cura”. A sede a EUFOR vai ser na base de Butmir em Sarajevo, onera antes a base da Aliança Atlântica Perto de 80 por cento dos efectivos transita directamente da SFOR para a EUFOR. As forças internacionais de manutenção de paz estão no território desde 1995, o ano em que a guerra terminou, para assegurar a estabilização de um país que na prática se divide em três grupos – croatas, muçulmanos e sérvios.