Última hora

Última hora

Socialistas franceses dizem sim à Constituição Europeia

Em leitura:

Socialistas franceses dizem sim à Constituição Europeia

Tamanho do texto Aa Aa

Os socialistas franceses vão defender o “sim” no referendo nacional à Constituição Europeia. A posição do partido, definida no referendo interno realizado ontem, resulta num voto de confiança à liderança reformista de François Hollande, face à facção mais à esquerda, protagonizada pelo número dois da formação, Laurent Fabius, defensor do “não”.

Mais de 58% dos militantes mostrou-se favorável à ratificação do texto constitucional europeu que deverá ser votado pelos eleitores franceses na Primavera de 2005. Depois da campanha para o referendo interno ter dividido os dois principais líderes da formação, o resultado representa uma vitória para Hollande, colocando-o no caminho das presidenciais de 2007. O partido confirma assim a confiança no rumo do reformismo de esquerda defendido pela direcção, que apela agora à união e afirma que não vai haver caça às bruxas no interior da formação. O resultado do referendo representa igualmente um suspiro de alívio para Bruxelas que temia que uma vitória do “não” pudesse influenciar os socialistas europeus assim como o eleitorado da União. O presidente da comissão europeia, Durão Barroso, considerou o resultado do referendo interno dos socialistas franceses como, “um sinal positivo para a ratificação do tratado em França”.