Última hora

Última hora

Governo suíço propõe cortes no exército para reduzir despesas

Em leitura:

Governo suíço propõe cortes no exército para reduzir despesas

Tamanho do texto Aa Aa

O exército suíço está na mira do governo que procura reduzir, drasticamente, as despesas. Até 2010, Berna pretende suprimir 2500 postos no exército, reduzir de nove para cinco as bases aéreas, fechar três aérodromos, encerrar centros de recrutamento, fechar 40% das casernas e 400 postos de acantonamento municipais.

Como explica o responsável helvético da Defesa, Samuel Schmid, “com a redução dos efectivos, há ainda uma base logística construida para 800 mil soldados, mas agora existem só 200 mil. Por isso, é preciso reduzir para economizar”. Com o plano, a Suíça pensa poupar 66 milhões de euros anuais até 2007 e mais de 150 milhões de euros nos três anos seguintes. Mas com os orçamentos revistos em baixa, os militares falam das dificuldades em cumprir missões fundamentais. O projecto foi apresentado ontem aos cantões, que têm de se pronunciar até aoinício de Fevereiro.