Última hora

Última hora

Holanda detém alegado fornecedor de químicos para as armas de Saddam

Em leitura:

Holanda detém alegado fornecedor de químicos para as armas de Saddam

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades holandesas anunciaram a detenção, em Amesterdão, de um homem que terá contribuído para o massacre dos curdos por parte do regime de Saddam Hussein. O empresário holandês Frans van Anraat é suspeito de ter fornecido toneladas de ingredientes químicos a Bagdad para a composição do gás mostarda utilizado contra a comunidade curda do Norte do Iraque, no final da década de 80.

A procuradoria-geral holandesa precisa as acusações: cumplicidade de genocídio e crimes de guerra, uma vez que várias pistas indicam que o empresário sabia para que fins eram destinados os produtos químicos que vendia. Na verdade, Anraat já tinha sido detido em 1989, a pedido dos Estados Unidos, mas conseguiu refugiar-se em território iraquiano, onde terá ficado até à queda do regime de Saddam. Um dos ataques no qual terá estado envolvido foi o da cidade de Halabja, a 16 de Março de 1988, quando mais de 5 mil curdos foram mortos.