Última hora

Última hora

Irlanda do Norte: Blair e Ahern tentam desbloquear o processo de paz

Em leitura:

Irlanda do Norte: Blair e Ahern tentam desbloquear o processo de paz

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro britânico, Tony Blair, e o seu homólogo irlandês, Bertie Ahern, tentam mais uma vez rematar o processo de paz na Irlanda do Norte.

Blair afirmou esta quarta-feira em Belfast que os esforços efectuados neste sentido foram “notáveis, mas que não são ainda suficientes”. O primeiro-ministro reconhece que o processo se encontra actualmente bloqueado, e defendeu: “É necessária uma actividade paramilitar completa e definitiva e, nessas circunstâncias e com base no acordo, o IRA entraria numa fase nova e pacífica. Temos um acordo que prevê que o desarmamento deve avançar, e deve completar-se até ao Natal.” Mas é exactamente neste ponto que o processo encontra o seu maior entrave. O reverendo Ian Painsley, líder do principal partido protestante, afirmou que “é bastante claro que o IRA não procederá ao desarmamento; não ficou nada estabelecido entre nós e o IRA nesse sentido. Não apenas as fotografias, se seriam ou não feitas, como nenhum outro ponto.” Os protestantes exigem provas fotográficas do desarmamento do IRA, para aceitarem o regresso a um governo paritário com os católicos. Apesar de concordar com o supervisionamento da entrega das armas, a organização clandestina não aceita a captura de imagens.