Última hora

Última hora

Ianukovitch denuncia Ucrânia "sem lei"

Em leitura:

Ianukovitch denuncia Ucrânia "sem lei"

Tamanho do texto Aa Aa

O rumo seguido para sair do impasse político na Ucrânia fragilizou a base de apoio de Viktor Ianukovicth. O homem que chegou a ser declarado presidente vê-se agora numa candidatura que deixou de ser subscrita pelo chefe de Estado cessante, Leonid Kuchma, e que não é coberta pelos média ucranianos como sendo a da figura do poder, uma vez que o seu cargo de primeiro-ministro foi suspenso.

Em Donetsk, o seu principal bastião de leste, Ianukovicth fez um discurso amargo, afirmando que “as eleições não vão ser honestas, porque o país vive num contexto sem lei”. Daí que, avisa, os seus observadores vão estar muito atentos. No entanto, Ianukovitch mantém o apoio de Moscovo que continua a argumentar que a sua vitória é essencial para a união da Ucrânia.