Última hora

Última hora

Israel busca governo de unidade nacional

Em leitura:

Israel busca governo de unidade nacional

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro israelita, Ariel Sharon, convidou o líder da oposição trabalhista, Shimon Peres, a iniciar conversações para a formação de um governo de unidade nacional na sequência da vitória obtida na consulta ao seu partido. Se as negociações chegarem a bom porto o chefe do executivo evita eleições antecipadas e acelera o processo de retirada de Gaza.

Shimon Peres afirmou pelo seu lado que tudo vai fazer para conseguir firmar um acordo. O seu principal objectivo é a paz e “este um passo na direcção certa embora o caminho não seja simples”. A distribuição das pastas e o facto do comité central do Likud também ter aprovado conversações com partidos ultra-ortodoxos pode dificultar as negociações. O Likud de Ariel Sharon conta 40 deputados na Knesset e os trabalhistas 22, o que daria a maioria a um governo de coligação num parlamento com 120 assentos. Os colonos, que constituem a base tradicional de apoio do Likud, é que não apreciaram que 68 por cento dos três mil membros do comité central do partido se pronunciasse favorável a uma coligação com os trabalhistas.