Última hora

Última hora

Polícia britânica detém líder do Partido Nacional Britânico

Em leitura:

Polícia britânica detém líder do Partido Nacional Britânico

Tamanho do texto Aa Aa

O líder do Partido Nacional Britânico (PNB), Nick Griffin, foi detido ontem de manhã, no País de Gales, por presumível incitação ao ódio racial. Griffin referiu numa entrevista para um documentário da BBC que o Islão é uma “religião má e viciosa”.

O líder nacionalista acabou por ser libertado sob caução ao fim da tarde e referiu que esta detenção “não tem nada a ver com a polícia, é uma questão política, uma estratégia do procurador, de David Blunkett, de John Prescott e de Tony Blair que pretende eliminar um rival antes das eleições”. Griffin deverá comparecer em tribunal em Março. Para o partido a detenção do seu líder é uma maneira grosseira de tentar comprar os votos dos muçulmanos, que receberam de forma muito positiva a acção levada a cabo pela polícia. O líder do PNB, que mantém relações estreitas com o francês Jean-Marie Le Pen, líder da Frente Nacional, é o décimo segundo membro do partido a ser detido por incitação ao ódio racial, desde o início da investigação.