Última hora

Última hora

Arranque da campanha eleitoral no Iraque

Em leitura:

Arranque da campanha eleitoral no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de 3 adiamentos, terminou a apresentação de listas às eleições Iraquianas. Arrancam agora as seis semanas de campanha com vista ao sufrágio marcado para 30 de Janeiro.

A data limite para a apresentação dos candidatos foi sucessivamente adiada a pedido de vários grupos políticos que pediram à Comissão Eleitoral mais tempo para formar alianças. Foi o caso do primeiro-ministro Iyad Allawi que deixou para o último dia a apresentação da sua lista, uma das 83 que se apresentam ao sufrágio. O clima de insegurança no Iraque fez com que o ex-presidente norte americano Jimmy Carter se juntasse às vozes dos que consideram que a eleição não será legítima. Para além do Parlamento iraquiano serão eleitos os 111 deputados da Assembleia da região autónoma curda e os membros dos conselhos provinciais. A Aliança Iraquiana Unida, apoiada pelo líder chiita Al-Sistani, é a favorita à vitória, mas o grupo de antigos exilados políticos comandado por Iyad Allawi conta com o apoio dos norte-americanos.