Última hora

Última hora

Funcionário italiano de uma ONG terá sido raptado e assassinado no Iraque

Em leitura:

Funcionário italiano de uma ONG terá sido raptado e assassinado no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Um grupo islamita iraquiano desconhecido reivindicou o rapto e o assassinato de mais um refém italiano no Iraque. A informação foi tida em consideração pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros de Roma com muita prudência.

A informação é proveniente de um fotógrafo iraquiano que afirma ter sido levado para Ramadi, no chamado triângulo sunita, onde lhe foi apresentado um corpo com a cabeça tapada e um passaporte em nome de Salvatore Santoro, de 52 anos, residente na Grã-Bretanha e funcionário da organização não-governamental britânica “Charity Comission for England and Wales”. O rapto, a confirmar-se, acontece no dia em que Silvio Berlusconi se encontrou com George Bush. O último sequestro de italianos no Iraque foi o das duas jovens funcionárias de uma ONG, Simona Pari e Simona Torreta, libertadas no passado dia 28 de Setembro. No dia 26 de Agosto, o jornalista Enzo Baldoni era assassinado pelos seus raptores.