Última hora

Última hora

Turquia mantém reticências às condições da UE

Em leitura:

Turquia mantém reticências às condições da UE

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro holandês reuniu-se com o seu homólogo turco ao final da noite. Jans-Peter Balkenende deu conta da decisão dos Vinte Cinco a Recep Tayyp Erdogan. A Turquia não parece, no entanto, disposta a aceitar algumas das condições impostas pelos líderes europeus.

“Falei com o senhor Erdogan e com a delegação turca acerca das conclusões da reunião desta noite. Abordámos várias questões detalhadamente e amanhã vamos continuar a nossa conversa”, afirmou Balkenende. Quanto à reunião de duas horas que manteve à porta fechada com o presidente em exercício da União, o chefe do executivo de Ancara declarou: “Precisamos de manter a calma. Será benéfico para todos mantermo-nos calmos e tranquilos.” Os motivos do descontentamento deverão prender-se com a data estabelecida já que Ancara pretendia a abertura das negociações de adesão em Abril de 2005. Por outro lado, o reconhecimento, mesmo implícito, da república cipriota-grega como condição prévia ao início das negociações foi diversas vezes tido como inaceitável pelos responsáveis turcos.