Última hora

Última hora

Suspense em torno do vice-primeiro-ministro israelita

Em leitura:

Suspense em torno do vice-primeiro-ministro israelita

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de quase tudo acordado eis um nome que ameaça as negociações para um governo de unidade nacional em Israel. Shimon Peres, líder trabalhista, quer ser, o mais depressa possível, número dois do executivo de Ariel Sharon, líder da direita e do Likud.

Oposição e governo de um só lado, uma fórmula difícil que tenta unir esferas políticas para evitar eleições antecipadas. O problema reside em Peres porque a constituição israelita só permite um vice-primeiro-ministro, que Sharon já tem e em quem muito confia, Ehud Olmert. E alterar a lei básica levará o tempo que Sharon não tem, pois a execução do plano de retirada da Faixa de Gaza está marcado para o início do ano, por isso urge um governo estabilizado. Para dificultar mais as coisas, os colonos exortaram à desobediència civil para impedir a aplicação do plano.