Última hora

Última hora

Ucrânia: Debate televisivo parece favorecer Iushenko

Em leitura:

Ucrânia: Debate televisivo parece favorecer Iushenko

Tamanho do texto Aa Aa

O espírito natalício na Ucrânia está a passar ao lado. As atenções estão nas eleições de domingo, a repetição da segunda volta das presidenciais. Nos cafés e locais públicos as caras do momento são as dos candidatos, Viktor Iushenko e Viktor Ianukovich, o candidato da oposição e o do regime.

Nesta segunda-feira os dois protagonizaram o debate do ano, transmitido em directo pela televisão. Um dos admiradores do líder da oposição, Iushenko, afirmou que Ianukovich é uma anedota e pueril. Iushenko tem carácter de estadista. De acordo com observadores e analistas que têm acompanhado esta crise ucraniana, foi o líder da oposição quem terá virtualmente ganho o debate e possivelmente vai ganhar as eleições. No último escrutínio, invalidado, o vencedor foi Ianukovich, mas o resultado eleitoral foi anulado pelo Supremo tribunal ucraniano, alegando fraudes maciças por parte dos apoiantes do candidato do regime. Mas o país parece dividido sobre a sua sorte política. Uma habitante de Kiev, a capital, não tem dúvidas em quem vai votar, Ianukovich, porque quer uma Ucrânia perto da Rússia e não do lado dos Estados Unidos e da Europa. Durante o debate, os dois homens falaram de fraudes eleitorais, a razão para a repetição das eleições. Enquanto o líder da oposição acusava Ianukovich de lhe ter roubado mais de três milhões de votos, o ainda primeiro-ministro Ianukovich não negou o facto mas recordou que também a oposição se comportou mal durante o escrutínio. Da misteriosa doença que desfigurou Iushenko não se falou e ficou demonstrado que a secessão no país não é uma miragem.