Última hora

Última hora

Famílias festejam libertação de Chesnot e Malbrunot

Em leitura:

Famílias festejam libertação de Chesnot e Malbrunot

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do desespero e da alegria, a chegada de Christian Chesnot e Georges Malbrunot é o melhor presente de Natal para as famílias.

Os parentes de Georges Malbrunot vivem em Montaiguet, na região do Forez. O irmão do ex-refém afirma que, depois de tantas falsas notícias, só acreditou que tinham sido libertados quando recebeu o telefonema de confirmação do Ministério dos Negócios Estrangeiros francês. A notícia do fim de quatro meses de cativeiro foi longamente celebrada não só pela famílias, mas também pelos vizinhos e amigos. A mãe de Malbrunot fala da tristeza que sentiam, das constantes perguntas sobre o que poderia estar a fazer ou como se encontravam e do alívio sentido com a notícia. Os pais de Christian Chesnot reagiram em Ivry, a localidade onde mora a filha e onde se reuniram para passar o Natal. O pai de Chesnot diz estar surpreendido e, visivelmente emocionado, fala da espera quase sem esperança de que isto acontecesse, pois não sabiam o dia ou a semana em que viria a ocorrer. A mãe de Georges Chesnot afirma que sempre pensou neste momento, mas só acredita quando o ver.