Última hora

Última hora

Palestinianos votam em eleições municipais

Em leitura:

Palestinianos votam em eleições municipais

Tamanho do texto Aa Aa

“É o início do processo democrático”, afirmou esta manhã o primeiro-ministro palestiniano, Ahmed Qorei, quando foi votar para as eleições municipais. Na verdade, é o primeiro escrutínio deste género em quase 30 anos e, hoje, só vai decorrer na Cisjordânia, uma vez que os episódios de violência obrigaram ao adiamento na Faixa de Gaza para uma data posterior.

Ahmed Qorei deu o exemplo em Abu Dis, perto de Jerusalém. Estão em questão cerca de 300 assentos, em 26 conselhos municipais, disputados por mais de 800 candidatos. Obviamente, estas eleições são vistas como uma antecâmara das presidenciais que vão encontrar o sucessor de Arafat, no próximo dia 9 de Janeiro, e testar já obraço de ferro entre a Fatah e o Hamas e os grupos mais radicais. Para a liderança, a Fatah, a facção de Arafat na Autoridade Palestiniana, avança com o candidato mais forte, Mahmud Abbas, antigo primeiro-ministro e actual líder da OLP. Ontem, Abbas esteve reunido com Tony Blair que anunciou a realização de uma conferência internacional em Londres para breve, destinada a debater o futuro da região. Será mais um encontro de propostas, não vinculativo. Israel recusa participar, mas apoia o debate sobre as reformas internas palestinianas e apela à futura direcção para a erradicação completa do terrorismo.