Última hora

Última hora

Polícia segue pista paramilitar no assalto ao Northern Bank

Em leitura:

Polícia segue pista paramilitar no assalto ao Northern Bank

Tamanho do texto Aa Aa

Grupos paramilitares norte-irlandeses poderão estar por detrás do assalto à sede do Northern Bank em Belfast, um crime que rendeu 22 milhões de libras esterlinas, mais de 31 milhões de euros. Depois de receberem um milhão de libras das mãos de um quadro do banco, os ladrões recolheram o restante por uma porta lateral do edifício, em pleno centro da capital norte-irlandesa.Terão sido duas dezenas os operacionais que conduziram a minuciosa operação, que culminou num dos mais bem sucedidos assaltos a bancos do Reino Unido.

Sam Kincaid, chefe adjunto da polícia de Belfast, diz que estão a “tentar determinar se algum grupo paramilitar está implicado e qual será esse grupo, católico ou protestante, mas não podem ainda afirmar categoricamente quem está por detrás do assalto”. Cerca de meia centena de detectives estão agora no encalço dos responsáveis pelo roubo, que começou com o rapto, no domingo, das famílias de dois altos quadros do banco.Sob ameaça, os funcionários foram trabalhar na segunda-feira, retiraram o dinheiro dos cofres e, sem dar nas vistas, entregaram o lote aos assaltantes.Trata-se, na maioria, de notas de baixo valor emitidas pelo Northern Bank.Por não ter seguro, o National Australia Bank, que se prepara para vender o Northern Bank aos dinamarqueses Danske, irá encaixar o prejuízo.