Última hora

Última hora

EUFOR descobre búnquer utilizado por Ratko Mladic

Em leitura:

EUFOR descobre búnquer utilizado por Ratko Mladic

Tamanho do texto Aa Aa

A EUFOR vai encerrar um búnquer onde esteve recentemente escondido Ratko Mladic, o general sérvio-bósnio procurado desde 1995 pelo TPI (Tribunal Penal Internacional) para a ex-Jugoslávia por duas acusações de genocídio.

De acordo com o general britânico David Leakey, comandante da força europeia de manutenção da paz na Bósnia que substituiu no início deste mês a NATO, a instalação militar dispõe de condições para albergar um estado-maior e pessoal de apoio por tempo indefinido. Quatrocentos metros de corredores ligam entre si salas de comunicações, comando e logística. O búnquer dispõe de geradores próprios e sistemas de renovação de ar, bem como de largas reservas de água e víveres. O refúgio está situado numa vertente do monte Veliki Zep, na localidade de Han Pijesak, a 50 km de Sarajevo. Apesar dos esforços propalados pelas autoridades sérvias da Bósnia, os criminosos procurados pelo TPI continuam a monte, protegidos pelas forças armadas do país. No búnquer do Veliki Zep, Mladic terá estado abrigado durante os últimos seis meses. Aliás, o general sérvio-bósnio festejou mesmo um aniversário neste refúgio, com a conivência dos militares bósnios, mas quando as forças da NATO o foram procurar, nada encontraram.