Última hora

Última hora

Belém: missa de Natal conta com a presença de dirigentes palestinianos

Em leitura:

Belém: missa de Natal conta com a presença de dirigentes palestinianos

Tamanho do texto Aa Aa

Vários milhares de peregrinos celebraram o Natal na cidade onde nasceu Jesus Cristo.

Em Belém, a mensagem deixada na missa da meia-noite foi de paz e esperança para o Médio Oriente, depois da morte de Yasser Arafat em Novembro. Num sinal de crescente cooperação, Israel autorizou a presença do líder da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), Mahmud Abbas, e do presidente interino da Autoridade Palestiniana, Rawhi Fattud. Na Basílica da Natividade, passou assim a estar preenchido o lugar deixado vazio por Arafat desde 2001, proibido por Israel de comparecer nas celebrações da Cidade Santa, sob acusações de incitamento à violência. A missa da meia-noite foi também celebrada no Vaticano. Apesar do estado de saúde debilitado, o Papa João Paulo II celebrou a tradicional Missa do Galo, no seu vigésimo sétimo Natal como Sumo Pontífice. Na Basílica de São Pedro, recheada de fiéis, membros do clero e diplomatas, o santo padre deixou um pedido de paz e reconciliação para toda a humanidade.