Última hora

Última hora

Sonda espacial Huygens separa-se da Cassini e está a caminho de Titã

Em leitura:

Sonda espacial Huygens separa-se da Cassini e está a caminho de Titã

Tamanho do texto Aa Aa

A sonda espacial Huygens separou-se na madrugada da sexta-feira de Natal da nave Cassini, seguindo caminho para Titã, a lua de Saturno que é também a única lua do sistema solar com uma verdadeira atmosfera.

Depois de sete anos de viagem, esta missão conjunta da Agência Espacial Europeia e da NASA chegou a Saturno no passado dia 1 de Julho. Na órbita do planeta, as duas sondas entraram em rota de colisão com Titã, para que a Huygens fosse libertada na trajectória correcta. A sonda europeia viajará sozinha durante 20 dias e, ao entrar na atmosfera de Titã, os seus instrumentos serão acordados. A Huygens deverá alunar no dia 14 de Janeiro. A sonda irá recolher importantes dados sobre a composição da atmosfera, temperatura, pressão, ventos e partículas, transmitindo-os à Cassini, que os envia depois para a Terra. Enquanto a Huygens estuda aquela que os cientistas europeus consideram “a mais misteriosa lua de Saturno”, a Cassini da NASA estudará o planeta e as restantes luas, durante os próximos quatro anos.