Última hora

Última hora

Enel desiste de comprar Ipse

Em leitura:

Enel desiste de comprar Ipse

Tamanho do texto Aa Aa

O grupo energético italiano Enel desistiu de comprar a Ipse, a unidade criada pela espanhola Telefónica Móviles para os telemóveis de terceira geração, também chamados UMTS. Esta empresa nunca chegou a iniciar os serviços para os quais foi criada e está em processo de falência.

A Enel, antigo monopólio estatal de electricidade, desistiu da compra, cifrada em mais de 790 milhões de euros, por não lhe serem garantidas as vantagens fiscais que queria. Com a compra da Ipse, a Enel queria adquirir uma licença UMTS para a Wind, a unidade de telecomunicações que o grupo detém e está em vias de vender ao antigo presidente da Fiat Cesare Romiti. Como a Ipse possui três frequências UMTS em Itália, a Enel pretendia vender duas a grupos rivais. A Ipse deve ainda mais de 800 milhões de euros ao Estado italiano pela licença que comprou em 2000.